23/04/14 | 20:37
Restrição de circulação agora com multas na Constantino Nery

Fiscalização é diária

A Prefeitura de Manaus iniciou nesta quarta feira, 23, a fiscalização na área de restrição de circulação de caminhões na avenida Constantino Nery. No período da manhã, agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manautrans) abordaram 23 caminhões e autuaram oito, transitando em horário não permitido pela sinalização. A ação faz parte das medidas lançadas pela Prefeitura de Manaus para proporcionar trânsito mais seguro e organizado.

Durante a abordagem, os agentes aproveitaram para reforçar as regras de circulação na avenida. Estão proibidos de circular no período das 6h às 9h e das 17h às 20h os veículos com Peso Bruto Total (PBT) acima de oito toneladas. Veículos com PBT acima de 16 toneladas só poderão circular no período de 20h às 6h. As dimensões máximas permitidas são o comprimento de 18,60m; altura de 4,40m e largura de 2,60m.

Condutores de veículos de grande porte pertencentes à frota de empresas foram informados que caso a circulação do caminhão na área de restrição seja indispensável, um representante da instituição deve procurar o Manaustrans para solicitar o tráfego. A solicitação será analisada por técnicos.

Antes de iniciar a fiscalização, o Manaustrans realizou campanha de orientação para condutores durante quinze dias. Foram distribuídos mais de 10 mil panfletos com as regras de circulação. Além disso, 41 placas estão instaladas ao longo da avenida Constantino Nery com informações sobre os horários de restrição e as dimensões do veículo.

PENALIDADES
De acordo com o Código de Trânsito, transitar com veículos em locais e horários não permitidos pela regulamentação estabelecida pela autoridade competente é infração média, com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação. No caso de transitar com veículos com dimensões ou carga superiores aos limites estabelecidos legalmente ou pela sinalização, sem autorização, é infração grave, com multa de R$ 127,69, cinco pontos na Carteira de Habilitação e retenção do veículo para regularização.
Fotos : Altemar Alcantara