06/05/14 | 13:38
Operação na Manaus Moderna autua 235 veículos

Fiscalização na manaus Moderna será permanente

Uma operação para promover o ordenamento da Manaus Moderna, na manhã desta terça-feira, 06, resultou na autuação de 235 veículos e na remoção de oito, envolvidos em infrações como estacionamento em fila dupla e em áreas proibidas.

A ação coordenada pela Prefeitura de Manaus envolveu secretarias municipais e contou com o apoio do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e do Batalhão da Polícia Militar.
A fiscalização conjunta teve a participação Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Secretaria Municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento (Sempab) e do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb).
A equipe do Manaustrans, formada por 30 agentes, além de autuar veículos envolvidos em infrações, interferiu em situações que estavam provocando lentidão no tráfego ao longo da avenida Lourenço Braga. Houve ainda a orientação para que motoristas de caminhões não estacionem em ângulo ou sobre a calçada.
Fiscais da Sempab retiraram barracas de frutas e verduras que ocupavam as ruas no entorno do Mercado Adolpho Lisboa e colaboravam para estreitar a via, dificultando o tráfego de veículos.
A SMTU fiscalizou os táxis do serviço de transporte individual de passageiros e os táxis-frete que circulam pela área. Os fiscais de transporte fizeram a apreensão de seis veículos, dentre eles mais um táxi clandestino, também chamado de ‘pirata’. O veículo foi autuado em 40 UFMs (R$ 3.151,60) e somente poderá ser retirado do Parqueamento da SMTU após o pagamento da multa, além de ser descaracterizado.

Dos demais veículos, três táxis foram apreendidos por seus condutores não estarem com os condutores auxiliares cadastrados na SMTU, e um táxi por estar com pneus ‘carecas’ e com a documentação do veículo atrasada. O outro veículo realizava táxi-frete e foi apreendido por estar realizando o serviço de transporte de carga sem estar cadastrado na SMTU e por ser de categoria particular. Aos veículos com condutores sem cadastro na SMTU a multa é de 30 UFMs (R$ 2.363, 00). O táxi-frete ficará retido no parqueamento para o proprietário proceder com a devida regularização.