30/09/13 | 9:55
Manaustrans faz balanço das ocorrências durante temporal

Cento e vinte profissionais entre agentes, gerentes e técnicos de semaforos do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) atuaram para atender as ocorrências resultantes da chuva forte registrada na manhã desta segunda-feira,30.
O tráfego em muitas vias ficou congestionado como consequência da queda de placas, postes, árvores e pane nos semáforos por falta de energia elétrica.

O tombamento de um outdoor na avenida Efigênio Sales, zona centro-sul, provocou a interrupção total do trânsito no sentido Parque 10/Coroado. Com a via obstruída, os condutores buscaram alternativas de tráfego nas avenidas Darcy Vargas, André Araújo, Mario Ipiranga, Umberto Calderaro, Djalma Batista e Constantino Nery, resultando em forte retenção de veículos nessas vias.

A placa foi retirada da Efigênio Sales por volta das 15 horas, quando os agentes do Manaustrans liberam a via para o tráfego. Assim, o trânsito voltou a fluir.

Na avenida Carvalho Leal, bairro da Cachoeirinha, cinco postes caíram na rua. Dois, atingiram veículos que passavam no momento. Ninguém ficou ferido. A via foi totalmente interditada no sentido Cachoeirinha/Adrianópolis. Somente após as 15:30 horas, quando os postes foram retirados, o tráfego foi liberado no local.

Na zona centro-sul, área mais afetada pelo temporal, vinte e dois semáforos ficaram sem funcionar por falta de energia elétrica. Nos cruzamentos dos principais corredores os agentes do Manaustrans fizeram o controle do tráfego. Árvores caídas em ruas Belo Horizonte e Maceió também comprometeram a fluidez.

Durante o temporal, o Centro de Controle Operacional do Manaustrans recebeu cerca de 150 chamadas de pessoas avisando sobre árvores caídas, semáforos apagados, apoio para atendimento a pequenas colisões e solicitação para desobstrução de vias afetadas por congestionamento.