06/08/15 | 18:32
Guardadores de veículos começam a se organizar dentro do Zona Azul  
Representantes da prefeitura de Manaus e presidente da Aglavam.

Representantes da prefeitura de Manaus e presidente da Aglavam.

O novo sistema de estacionamento rotativo Zona Azul, que será implantado no centro de Manaus, foi o assunto da reunião nesta quinta-feira, 6, entre representantes da Prefeitura de Manaus e da Associação dos Guardadores e Lavadores de Veículos do Amazonas (Aglavam). Participaram do encontro o diretor presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Paulo Henrique Martins; o subsecretário municipal de Trabalho, Empreendedorismo, Abastecimento, Feiras e Mercados, Vicente Filizolla; o presidente da Aglavam, Henrique André dos Santos, e o fiscal da Associação, Gilberto Barreto Seabra.

Durante a reunião, realizado na sede do Manaustrans, o representante dos guardadores assegurou que quer acompanhar o processo de implantação do estacionamento rotativo no centro da cidade para cadastrar os verdadeiros ‘flanelinhas’ como colaboradores do sistema. “Sabemos quem, de fato, já trabalha nas ruas do Centro guardando ou lavando veículos. Vamos fazer o levantamento desses trabalhadores e passar todas as informações para a prefeitura. Nosso objetivo é colaborar para melhorar a cidade”, assegurou Henrique André.

O diretor presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins, se colocou à disposição da categoria para, junto com a Semtef, encaminhar os procedimentos para engajar os trabalhadores aptos a participar do Zona Azul. “Seguimos a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto de incluir os guardadores e lavadores de veículos nesse processo de construção de uma cidade mais organizada. Com certeza, esses trabalhadores terão uma condição de trabalho digna e uma melhor qualidade de vida”, explicou.

Na próxima segunda-feira, 10, os representantes da Aglavam voltam a se reunir no Manaustrans para apresentar um levantamento sobre a quantidade de trabalhadores que desenvolvem as atividades de guardadores e lavadores de veículos e as áreas onde atuam.

 

Foto: Divulgação/Manaustrans