Author Archive

Condutores são orientados sobre novo retorno na avenida São Jorge

terça-feira, agosto 11th, 2020

O novo retorno na avenida São Jorge, esquina das avenidas Ipase e Jacira Reis, no bairro São Jorge, zona Oeste, começou a vigorar nesta terça-feira, 11/8. A intervenção implantada pela Prefeitura de Manaus promove mais fluidez ao trânsito, reduz retenções no tráfego e dá mais segurança à circulação viária do local. Agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) vão permanecer no local durante todo o mês de agosto, para orientar condutores e pedestres sobre a circulação na área.

O chefe de divisão de fiscalização do IMMU da zona Oeste, Wagner Oliveira, coordenou a implantação da intervenção. “A Prefeitura de Manaus acerta mais uma vez em adotar medidas que promovam o trânsito mais seguro e ordenado para a população. Vamos manter equipes de agentes de trânsito no local, para orientar os condutores sobre a nova circulação aqui na zona Oeste”, informou.

Com a nova circulação, um trecho da avenida São Jorge, entre o Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs) e a avenida Jacira Reis, fica em mão única, no sentido Centro/bairro. Nesse perímetro a via está com quatro faixas: duas destinam-se ao fluxo Centro/Ponta Negra e duas faixas da esquerda seguem no sentido para o bairro Compensa. Nesse mesmo trecho o condutor poderá acessar à direita livre, em direção à avenida Jacira Reis.

O fluxo da avenida Coronel Teixeira, no sentido bairro/Centro, será desviado à direita para a avenida Ipase e para a avenida Compensa, que terá fluxo em mão única em direção à avenida São Jorge.

Na prática, a alteração no fluxo das avenidas vai funcionar como uma grande rotatória, com o trânsito fluindo no sentido anti-horário. Com a intervenção, dois semáforos foram removidos no cruzamento das avenidas Jacira Reis, Coronel Teixeira e São Jorge, contribuindo para a fluidez.

A área está com sinalizações revitalizadas e ganhará novas placas de orientação de sentido. As faixas de pedestres foram renovadas e outras áreas para travessia segura serão implantadas no entorno.

Um trecho da avenida Compensa, entre as avenidas São Jorge e Ipase, terá placas de proibição de estacionamento no lado esquerdo, a fim de garantir mais segurança aos condutores que trafegam em direção à avenida São Jorge.

O motorista de táxi Adenilson Fraga sempre trafega no local e aprovou a intervenção. “Passo todos os dias neste cruzamento e ficava estressado com a fila grande de carros, para quem ia em direção à Compensa. Agora, acredito que o trânsito vai fluir melhor”, assegurou.

As linhas de ônibus que trafegam no local não sofreram alteração e apenas seguem o trajeto do novo retorno.

— — —

Texto – Carmen Lysia/IMMU

Fotos – Altemar Alcântara / Semcom

Av Autaz Mirim recebe Operação Vaga Legal

sexta-feira, agosto 7th, 2020

A Operação “Vaga Legal”, realizada diariamente pelos agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), retirou nesta sexta-feira, 07/08, móveis, placas, cones , caixotes de madeira, cavaletes e outros obstáculos usados para reservar espaços de estacionamento em via pública . Agentes da Divisão Leste percorreram a Avenida Autaz Mirim para coibir as irregularidades, com o apoio da Polícia Militar.

“Durante nossa ronda diária retiramos vários objetos em outras vias da zona Leste. Nesta sexta-feira, reforçamos a ação na Autaz Mirim com a presença da Polícia Militar, pois muitas pessoas que reservam vagas em via pública precisam ser orientadas de que estão ferindo o direito de acesso  de outros cidadãos”, informou a chefe da Divisão Leste do IMMU, Jaqueline Araújo.

A operação ocorre diariamente em outras zonas da cidade, coordenadas pelo IMMU, com o objetivo de impedir que espaços em vias públicas sejam reservados por guardadores de veículos ou por donos de estabelecimentos comerciais. A ação , além de  coibir a ocupação ilegal da via, preserva   o acesso dos pedestres ao passeio.

Caso alguém verifique a reserva de vagas em via pública , deve acionar o Plantão do IMMU pelo telefone 0800 092 1188.

Texto: Assessoria/IMMU  Fotos: Divulgação/IMMU

 

Prefeitura implementa mudanças na avenida São Jorge a partir da terça-feira, 11/8

quinta-feira, agosto 6th, 2020

A partir da próxima terça-feira, 11/8, a avenida São Jorge passará a ter sentido único no trecho entre o Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs) e a avenida Jacira Reis, no sentido Centro/bairro. A nova circulação viária nos bairros São Jorge e Compensa está sendo implementada pela Prefeitura de Manaus para dar mais fluidez e segurança ao trânsito, reduzindo a retenção de veículos no local.

Com a implementação do sentido único em parte da avenida São Jorge, o fluxo da avenida Coronel Teixeira, no sentido bairro-Centro, será desviado à direita para a avenida Ipase e para a avenida Compensa, que terão fluxo em mão única em direção à avenida São Jorge. Quem segue pela avenida São Jorge, sentido Centro/bairro, poderá dobrar à esquerda em direção à avenida Ipase, à direita para acessar a Jacira Reis, ou seguir em frente, sentido Ponta Negra.

As mudanças estão sendo sinalizadas pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e agentes de trânsito estarão no local para fazer a orientação do novo itinerário. “A nova intervenção viária no bairro São Jorge é mais uma ação para promover a política de mobilidade urbana na cidade de Manaus. Teremos um trânsito com mais fluidez e segurança, para condutores e pedestres. Para o transporte coletivo que passa no local, não haverá mudança de rota. Os ônibus vão seguir o novo sentido das vias, sem transtorno para os usuários”, informou o diretor-presidente do IMMU, Francisco Bezerra.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) já pavimentou as vias inseridas no novo itinerário e está fazendo o reposicionamento dos canteiros centrais e fechamento dos antigos retornos. Segundo o diretor de obras, Alessandro Rodrigues, os trabalhos estão em fase final e sendo realizados à noite, para evitar maiores transtornos aos motoristas. “Já fizemos a aplicação da camada asfáltica com Concreto Betuminoso Usinado a Quente, para garantir durabilidade no serviço. Mais de 280 toneladas de asfalto foram usadas para recapear esse trecho de 300 metros”, destacou.

Na prática, a alteração no fluxo das avenidas vai funcionar como uma grande rotatória, com o trânsito fluindo no sentido anti-horário. Com a intervenção, dois semáforos serão removidos, no cruzamento das avenidas Jacira Reis, Coronel Teixeira e São Jorge, contribuindo para a fluidez.  

Transporte coletivo

Em virtude do novo retorno, as linhas de ônibus que circulam nesse trecho do bairro São Jorge também seguirão o itinerário recém-implantado sem, no entanto, alterar a rota. Nesse trecho passam as linhas 020, 120, 216, 221, 019, 021,122, 211 e 123.

— — —

Fotos – Alex Pazuello/ Semcom

Arte – Divulgação / Semcom

Assessoria de Comunicação do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) – Gestão de Transporte – (92) 98842-7289 / 98842-2220

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) – (92) 3642-3064 / 99150-3395/ 98842-1354 / 98108-2870

Prefeitura remove veículos abandonados na Cidade de Deus

terça-feira, julho 28th, 2020

Sucatas foram retiradas das vias

As ações da Prefeitura de Manaus para garantir mais fluidez das ruas e afastar acúmulo de detritos foram intensificadas nesta terça-feira,28/07, na Cidade de Deus, zona Norte, com a remoção de doze veículos abandonados nas ruas do bairro. A operação foi realizada por agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Os veículos, do tipo sucata, estavam nas vias ou em cima das calçadas dificultando o acesso de pedestres. Somente na Rua Nossa Senhora de Fátima, principal da Cidade de Deus, sete sucatas foram removidas.

A ação da Prefeitura de Manaus em retirar os veículos alegrou a moradora Jussara Almeida. “ Com esses  veículos abandonados fica até difícul caminhar nas ruas. Ainda bem que estão retirando”, disse, aliviada. O autônomo Carlos Palheta, 54, que tem uma lanchonete na área, os carros abandonados prejudicam suas vendas. “Os carros ficam aí, acumulando lixo, atrapalhando tudo. As pessoas tem até receio de comer aqui no lanche com medo de pegar alguma doença”, reclamou.

Agentes do IMMU percorrem as vias para remover veículos abandonados

A Operação Sucata é realizada em todas as áreas da cidade pelos agentes do IMMU. O trabalho de remoção é realizado por agentes de trânsito em várias etapas. Primeiro, é feito o mapeamento com a localização dos carros abandonados, de acordo com a solicitação de munícipes via telefone do Plantão do Trânsito (0800 092 1188). Os agentes fazem uma lista com a programação de remoção, tentam localizar o proprietário do veículo e dão um prazo para que a sucata seja retirada da via. Três dias depois, voltam aos endereços e guincham os veículos.

Os veículos removidos são levados para o Parqueamento da prefeitura no bairro de Santa Etelvina. O proprietário interessado em retirar o veículo deverá pagar pendências com impostos e multas e as despesas com a remoção.

 

Fotos: Marcelo Lima – Assessoria de Comunicação / IMMU

Prefeitura alerta para intervenções viárias em obras de estações de transferência

terça-feira, julho 7th, 2020

Tapumes reduzem circulação na via

Prefeitura de Manaus avança com a construção de três estações de transferências de ônibus, que fazem parte do pacote de obras de mobilidade urbana, que tem o intuito de promover melhorias ao sistema de transporte coletivo e ao trânsito da capital amazonense. Para que as obras sejam entregues no menor tempo possível, algumas intervenções viárias estão sendo realizadas.

Condutores que trafegam nos corredores de acesso aos bairros da zona Norte, devem ter atenção redobrada. As intervenções estão sendo realizadas nos canteiros centrais das avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós e Max Teixeira, para construção das estações de transferência Arena, Santos Dumont e Parque das Nações, que estarão situadas no perímetro do corredor Sul/Norte, entre os terminais de integração 1 (Constantino Nery) e 3 (Cidade Nova).

As obras não provocam interdições ou desvios de tráfego, no entanto, há necessidade de isolar os canteiros de obras e, por isso, os tapumes estão ocupando duas faixas de ambos os lados das avenidas, provocando um estreitamento da via.

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) indica duas opções para evitar os trechos em obras. Quem vem pela Constantino Nery em direção à zona Norte, ou quer sair dessa área em direção ao Centro, pode utilizar as avenidas Governador José Lindoso (das Torres) ou a avenida Nilton Lins, no Parque das Laranjeiras.

Além de buscar vias alternativas, os condutores devem ficar atentos às orientações dos agentes de trânsito do IMMU, que fazem o monitoramento do tráfego nesses corredores. As áreas estão sinalizadas para alertar sobre a movimentação de máquinas e operários.

As obras

A construção das três estações está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e está na fase de implantação das fundações de estrutura do equipamento e terraplanagem total da área.

O projeto seguirá o modelo implantado na estação de transferência São Jorge construída na avenida Constantino Nery durante as obras do complexo viário Ministro Roberto Campos. Todas as estações serão entregues com passarelas equipadas com elevadores, piso tátil, rampas de acessibilidade, bancos metálicos e banheiros.

Nessas estações, os passageiros que vêm nos coletivos procedentes dos bairros irão desembarcar e seguirão a viagem utilizando ônibus articulados .

Alças viárias

Segundo informações do secretário da Seminf, Keltom Aguiar, a primeira etapa da obra que abrangeu o levantamento topográfico e confecção de projetos já foi concluída. Agora, os serviços concentram-se na implantação das alças viárias.

“Já estamos com os serviços de implantação de fundação das estruturas e também com os trabalhos de terraplanagem total da área, os serviços são simultâneas, pois o prefeito Arthur Virgílio Neto, determinou que a obra seja concluída até o próximo mês de dezembro”, explicou o secretário.

O valor do contrato das obras foi estimado em R$ 7.346.425,77 para a estação Arena; R$ 5.819.848,35 para a estação Santos Dummont, ambas no bairro Flores, e R$ 6.150.068,79 para a nova estação Parque das Nações, na Colônia Santo Antônio.

— — —

Texto– Divulgação / IMMU e Seminf

Fotos – Alex Pazuello / Semcom

Fiscalização na faixa exclusiva de ônibus começa nesta segunda, 6/7, na Constantino Nery

domingo, julho 5th, 2020

Agentes fizeram orientação aos condutores, antes de iniciar a fiscalização

A partir desta segunda-feira, 6/7, volta a vigorar a exclusividade de tráfego para transporte coletivo e veículos autorizados na faixa exclusiva, à esquerda, da avenida Constantino Nery, conhecida “faixa azul”, que prioriza as viagens dos coletivos e garante mais agilidade e conforto para milhares de usuários do sistema. A Prefeitura de Manaus colocará agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) no local para fiscalizar os motoristas.

“A faixa exclusiva estava liberada para todos os veículos durante a construção do complexo viário Ministro Roberto Campos. Com a entrega da obra feita pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, os veículos não autorizados agora terão que ficar nas faixas da direita, ficando à esquerda exclusiva para ônibus e veículos autorizados. Durante a semana passada, fizemos intenso trabalho de conscientização e orientação aos motoristas para o retorno da faixa”, reforçou o diretor de Operações de Fiscalização do IMMU, Stanley Ventilari.

O sistema de circulação exclusivo na faixa à esquerda da Constantino Nery podem ser utilizadas pelos seguintes veículos, devidamente identificados: transporte coletivo urbano, transporte público individual (táxi), transporte especial (fretamento), transporte escolar, transporte de tropa e equipamentos bélicos das forças armadas, veículos de remoção de veículos  (guincho) em efetivo serviço de remoção. As regras estão publicadas na Portaria 033, de 15 de fevereiro de 2016, da Prefeitura de Manaus.

A portaria determina ainda que a faixa é exclusiva para os veículos autorizados no período de segunda a sexta-feira, das 4h às 22h. No sábado, a exclusividade vigora das 4h ao meio-dia. Aos domingos e feriados, a circulação na faixa azul é livre para todos os veículos.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, circular com veículo não autorizado em Faixa Exclusiva de transporte coletivo é infração gravíssima, com sete pontos na Carteira de Habilitação e multa no valor de R$ 293,47.

A restrição na faixa ocorre, por enquanto, para a avenida Constantino Nery. A faixa da avenida Torquato Tapajós permanece liberada em virtude da obra do complexo viário no acesso do conjunto Manoa, zona Norte, que está sendo executada pela Prefeitura de Manaus.

— —

Texto – Carmen Lysia /IMMU

Fotos – Altemar Alcântara / Semcom

Agentes de trânsito orientam condutores sobre a volta da Faixa Exclusiva na Constantino Nery

quarta-feira, julho 1st, 2020

Somente ônibus voltam a circular na faixa da esquerda, na Constantino Nery.

Com a inauguração do complexo viário Ministro Roberto Campos, realizada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto na segunda-feira, 29/6, a restrição de circulação na Faixa Exclusiva do transporte coletivo da avenida Constantino Nery já tem o retorno marcado para o próximo dia 6 de julho, priorizando as viagens dos coletivos, com maior agilidade e conforto para milhares de usuários do sistema. A partir desta quinta-feira, 2/7, os agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) iniciam a orientação aos motoristas quanto ao uso da faixa à esquerda somente para circulação de ônibus e outros veículos autorizados.

A Faixa Exclusiva estava liberada para todos os veículos durante a construção do complexo viário. Com a entrega da obra, o sistema de circulação exclusivo na faixa à esquerda da Constantino Nery volta ao normal. “O sistema de faixa exclusiva aumenta a capacidade de atendimento aos usuários, dá mais fluidez no tráfego e promove mais segurança na circulação dos ônibus”, assegurou o diretor-presidente do IMMU, Francisco Bezerra.

Conforme portaria 033, de 15 de fevereiro de 2016, da Prefeitura de Manaus, as faixas exclusivas de circulação podem ser utilizadas pelos seguintes veículos, devidamente identificados: transporte coletivo urbano; transporte público individual (táxi); transporte especial (fretamento); transporte escolar; transporte de tropa e equipamentos bélicos das forças armadas; veículos de remoção de veículos (guincho) em efetivo serviço de remoção.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, circular com veículo não autorizado em Faixa Exclusiva de transporte coletivo é infração gravíssima, com sete pontos na Carteira de Habilitação e multa no valor de R$ 293,47.

A restrição na faixa ocorre, por enquanto, para a avenida Constantino Nery. A faixa da avenida Torquato Tapajós permanece liberada em virtude da obra do complexo viário no acesso do conjunto Manoa, zona Norte, que está sendo executada pela Prefeitura de Manaus.

Itinerário normal

Faixa Azul, à esquerda, exclusiva para ônibus.

Dezenove linhas de ônibus, que circulavam nas vias do entorno do complexo viário Roberto Campos e estavam com  itinerário desviado durante a obra, também voltaram à rota original desde a última terça-feira, 30/6. A maioria dessas linhas circulava pela rua Emílio Ruas, no bairro de São Jorge.

No fluxo da avenida São Jorge, em direção à avenida Constantino Nery retornam as linhas 120 / 121 / 211 / 216 / 221. No sentido que vai da avenida São Jorge para rua Pará, voltam a circular as linhas 118 e 122. No fluxo que segue pela Constantino e vai para a rua Pará, retornam as linhas 318 / 407 / 452. No sentido avenida João Valério para avenida São Jorge, volta a linha 122. As linhas que retornam para o fluxo João Valério / Constantino Nery são 123 / 318 / 401 / 402 / 407 / 452 / 456 / 626.

Além disso, novas linhas de ônibus já estão em operação. As alimentadoras 019 e 020 farão a integração de passageiros da plataforma inferior da estação para a superior, que recebe as linhas troncais. Os coletivos dessas novas linhas percorrerão os bairros Vila Marinho, Compensa, São Jorge, Lírio do Vale, Nova Esperança e conjunto Augusto Montenegro, com destino à nova estação, construída no complexo viário.

— — —

Texto – Carmen Lysia / IMMU

Fotos – Assessoria/IMMU Trânsito e Semcom

Rua João Alfredo fica invertida para novo acesso do São Jorge/Constantino Nery

terça-feira, junho 30th, 2020

A partir desta quarta-feira, 1/7, a rua João Alfredo, no bairro São Geraldo, zona Centro-Sul de Manaus, terá o sentido de circulação invertido. A mudança no tráfego ocorre para viabilizar o novo retorno de quem sai do bairro de São Jorge em direção à zona Norte, passando pela avenida Constantino Nery.

Com o novo itinerário, o condutor não precisará mais enfrentar semáforo e congestionamento que, antes, existia na esquina da Constantino Nery com a rua Arthur Bernardes. Agora, ao sair do bairro São Jorge e acessar a rua Pará pela alça inferior do complexo viário Ministro Roberto Campos, o condutor deverá convergir à direita na rua João Alfredo. Assim, poderá acessar a rua São Geraldo, que também será invertida, e chegar à avenida Constantino Nery, seguindo em direção à zona Norte.

O novo retorno ocorre sem a interferência de semáforos e com mais segurança. Toda a área está sendo sinalizada com placas de orientação e de regulamentação. Agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) também estarão no local para orientar condutores sobre o novo itinerário.

 

Manaus ganhará moderna estação de transferência com entrega do complexo viário da Constantino Nery

sexta-feira, junho 26th, 2020

Às vésperas da inauguração do complexo viário Ministro Roberto Campos, confirmada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto para a próxima segunda-feira, 29/6, a Prefeitura de Manaus orienta os usuários do Sistema de Transporte Coletivo sobre o funcionamento da nova estação de transferência, que integra a obra do complexo, que interligará as zonas Centro-Sul e Oeste da cidade por duas passagens subterrâneas sob a avenida Constantino Nery.

“O complexo viário Ministro Roberto Campos é, de fato, a maior obra de mobilidade já construída em Manaus, seja por sua magnitude ou por sua funcionalidade, porque integra mais modernidade ao transporte coletivo e mais fluidez e segurança ao trânsito”, destacou o prefeito Arthur Neto.

A estação de transferência São Jorge é composta por duas plataformas: a superior, na avenida Constantino Nery, receberá as linhas troncais; e a inferior, na alça de retorno ao São Jorge, que receberá as linhas de ônibus alimentadoras, ambas são interligadas por elevadores e passarelas, que também permitem a travessia de pedestres na Constantino Nery. “O prefeito Arthur Neto toma decisões acertadas para promover a mobilidade urbana na cidade. Essa obra vai facilitar a vida de muitos usuários do transporte coletivo e contribuir para um tráfego com mais segurança e fluidez”, ressaltou o diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Francisco Bezerra.

Na prática, a estação São Jorge funcionará como um miniterminal, proporcionando ao passageiro fazer conexão com diversas linhas de ônibus da cidade, pagando apenas uma tarifa por sentido. “Antes, as pessoas que vinham pela avenida São Jorge, com destino à zona Norte e vice-versa, precisavam ir até o T1 [Terminal de Integração da C. Nery] para realizar a integração. Agora, com essa estação, a conexão é feita assim que os usuários chegam na avenida Constantino Nery que, por conseguinte, ganham tempo em seus deslocamentos. Ademais, as passagens subterrâneas contribuem muito para a melhoria do fluxo de trânsito na Constantino Nery, Pará e João Valério”, explicou o vice-presidente de Transportes do IMMU, Pedro Carvalho.

Os usuários poderão iniciar viagem na estação de transferência utilizando o Cartão Cidadão ou por meio do pagamento em dinheiro, na bilheteria da plataforma superior. O valor pago pela passagem será creditado em cartão eletrônico (smart card), que libera o acesso nas catracas. Da mesma maneira, o passageiro que pagar sua passagem em dinheiro na linha alimentadora, ou seja, no seu ponto de origem, também receberá cartão eletrônico na plataforma inferior com um crédito, para fazer a integração do momento e as futuras, por isso, é importante que o guarde. Os usuários que possuem o Cartão Cidadão farão a integração da plataforma inferior para a superior, como já fazem normalmente em qualquer parada de ônibus.

A operação do sistema de transporte coletivo dentro da estação de transferência será acompanhada pelo IMMU com a presença de fiscais para verificar a cumprimento da frota, conferir horários das linhas, promover o ordenamento das estações e garantir o acesso seguro aos usuários.

Modernidade

O embarque e desembarque de passageiros será feito por um conjunto de 20 portas automáticas, dispostas em ambos os lados da estação de transferência, que tem capacidade de receber até quatro ônibus articulados ou trucados com porta à esquerda por vez, dois em cada sentido da via. Totalmente fechada, para garantir o controle na entrada e saída do usuário, além de maior segurança, a estação terá sistema de monitoramento por câmeras. As portas automáticas terão abertura e fechamento acionados remotamente, por um sensor controlado pelos próprios motoristas dos coletivos.

O presidente interino do Sindicato das empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), Marco Aurélio Feitosa, disse que todos os ônibus com portas na lateral esquerda farão parada na estação de transferência. “A identificação dos coletivos pelos usuários vai ser feita por meio das placas ampliadas nas laterais dos veículos, para fácil visualização. Então, assim que o motorista liberar a abertura das portas, por meio do sensor, o usuário poderá acessar o ônibus”, explicou.

Os passageiros irão dispor de cadeiras para aguardar os coletivos, além de bebedouros e banheiros masculino, feminino e para Pessoas com Deficiência (PcDs). As rotas e localização da frota também podem ser acompanhadas pelo aplicativo “Cadê Meu Ônibus”, que também já dispõe da opção de recarga de créditos. A estação conta com uma porta ao final do corredor central, que funcionará como somente como saída de emergência.

Novas estações

A estação de transferência São Jorge faz parte de uma sequência de outras três estações com a mesma dinâmica, que estarão situadas no perímetro do corredor Sul/Norte, entre os terminais de integração 1 (Constantino Nery) e 3 (Cidade Nova). Serão as estações de transferência Arena, Santos Dumont e Parque das Nações.

Linhas

– PLATAFORMA SUPERIOR

Farão parada na estação de transferência todas as linhas troncais que já utilizam a faixa exclusiva do transporte coletivo junto ao canteiro central da Constantino Nery.

– PLATAFORMA INFERIOR

019 – Vila Marinho / Compensa / Avenida São Jorge

020 – Conj. Augusto Montenegro / Cel. Teixeira / Estação São Jorge

Texto – Alita Falcão e Alan Marcos Oliveira / Semcom

Fotos – Alex Pazuello / Semcom

Prefeitura toma providências imediatas em caso de derramamento de óleo na avenida Constantino Nery

sábado, junho 20th, 2020

Agente do IMMU sinaliza área com óleo na pista

Prefeitura de Manaus irá apurar as causas que levaram ao derramamento de óleo por um ônibus da empresa Via Verde na manhã deste sábado, 20/6. A decisão foi anunciada pelo município, após as primeiras providências tomadas na ocorrência que resultou em acidentes de trânsito na avenida Constantino Nery, sentido Centro/bairro, incluindo apreensão do veículo e uso de pó de serragem para evitar que o produto se espalhasse.

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) irá notificar a empresa de transporte proprietária do ônibus, pois de acordo com a Lei Municipal 1.779/2013, que dispõe sobre os serviços de transporte público coletivo de Manaus, trafegar com veículo derramando fluido na via pública, resulta em multa no valor de 20 Unidades Fiscais do Município (UFMs) – o valor atual de uma UFM e de R$ 108,95 – e apreensão do veículo.

“Vamos acompanhar o levantamento sobre os fatos que levaram a esta situação. Um derramamento de óleo nessa proporção não é comum, por isso o fato tem que ser apurado”, explica o vice-presidente do IMMU, Pedro Carvalho.

Agentes de trânsito do IMMU apreenderam o ônibus na rua Ovídio Gomes (antiga rua 11), bairro do Alvorada, zona Oeste, e autuaram o coletivo, conforme previsto no artigo 231, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), por transitar derramando óleo. A prática é infração de trânsito gravíssima, com multa no valor de R$ 293,47. Representantes da empresa Via Verde estiveram no local, interromperam o vazamento e removeram o veículo para a garagem.

Pó de serragem foi lançado para absorver o óleo

Assim que constataram a ocorrência, os agentes de trânsito do IMMU espalharam pó de serragem nas vias atingidas pelo óleo para absorver a substância. Os trechos das avenidas com áreas escorregadias foram sinalizados com cones para desviar o tráfego de veículos. Agentes de trânsito também atenderam e orientaram os condutores envolvidos nos acidentes ocasionados pelo derramamento do líquido.

A fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) também irá fazer uma inspeção no local, para avaliar os danos ambientais causados pelo derramamento de óleo e adotar as providências cabíveis.

— — —

Foto – Divulgação / IMMU