04/04/16 | 10:45
Agentes de trânsito iniciam turma de curso de idiomas para Olimpíadas
O conteúdo inclui palavras em inglês para atendimento no trânsito.

O conteúdo inclui palavras em inglês para atendimento no trânsito.

Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) iniciaram nesta segunda-feira, 04, o curso de Inglês Intensivo para Olimpíadas, em turmas vespertinas  e noturnas. Além do inglês, a formação  vai oferecer conhecimento básico também em espanhol para o atendimento em situações de trânsito realizado pelos servidores.

A turma de inglês faz parte dos módulos do curso de Aperfeiçoamento em Fiscalização, Legislação e Gestão de trânsito, que está sendo oferecido pela Escola do Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), local onde as aulas estão sendo ministradas. O aperfeiçoamento faz parte da política de valorização do servidor público municipal da Prefeitura de Manaus.

O conteúdo dos cursos de idiomas inclui o vocabulário estrangeiro para soluções pertinentes ao trânsito e atendimento a condutores e pedestres nas ruas. Os agentes aprendem como indicar direção de sentido, orientar sinalização, palavras em situação de emergência, fazer cumprimentos, falar horários, endereços e profissões.

Agentes de trânsito participam de aulas em inglês e espanhol.

Agentes de trânsito participam de aulas em inglês e espanhol.

Para o diretor presidente do Manaustrans, Eudes Albuquerque, a participação dos agentes de trânsito no curso concretiza mais uma etapa do instituto na busca pela melhor qualificação profissional de seus servidores. “Durante as Olimpíadas vamos receber muitos turistas. Nossos agentes poderão se comunicar em outros idiomas, resolver problemas e mostrar que somos preparados para receber pessoas de qualquer lugar do mundo”, avaliou o diretor.

Conforme o agente de trânsito Luiz Arruda, 40, essa é uma boa oportunidade para atualizar os conhecimentos relacionados à atividade profissional. “Tenho certeza que esse curso vai nos ajudar a fixar novas informações e ficar por dentro do que vem mudando nas leis de trânsito”, disse.

A diretora da Espi, professora Luíza Bessa, informou que a realização dos cursos de idiomas contemplam não só os agentes de trânsito como também microempreendedores (ex-camelôs). “Há uma preocupação da Prefeitura de Manaus em capacitar continuamente todos essas pessoas para dar um bom atendimento à população e aos visitantes da cidade.  Fizemos um material específico e com vocabulário voltado para cada segmento”, complementou.

Texto: Helton de Lima

Fotos:
Assessoria/Espi